Feriado da Independência do Brasil 2020 – História

O Feriado da Independência do Brasil 2020, que caíra na segunda-feira do dia 7 de setembro comemorará mais uma vez a independência do Brasil do Império Português.

A história da independência do Brasil começa no ano de 1808, quando a família real portuguesa transferiu a corte para a cidade do Rio de Janeiro, após a invasão das tropas francesas, comandadas por Napoleão Bonaparte, em retaliação pela recusa de Portugal em participar do embargo comercial contra o Reino Unido.

Em 1815, Dom João VI criou o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, tornando o Brasil subordinado à Portugal.

Em 1820 a família real foi obrigada a retornar a Portugal em razão de uma revolução política, permanecendo no Brasil o príncipe herdeiro, Dom Pedro de Alcântara.

A primeira província a se separar de Portugal foi Pernambuco, em 1821, após um movimento armado contra o general Luís do Rego Barreto, que culminou na expulsão dos exércitos portugueses da província de Pernambuco.

Ainda neste ano Portugal determinou que o Brasil voltasse a se subordinar, determinando, também, que o príncipe herdeiro retornasse ao trono português.

Dom Pedro, sofrendo influência da Câmara do Rio de Janeiro, recusou-se a voltar em 9 de janeiro de 1822, ficando este dia conhecido como o Dia do Fico.

Em junho de 1822, Dom Pedro declarou inimigas as tropas de Portugal que desembarcassem no Brasil. Já no princípio de setembro deste ano, uma carta vinda de Portugal chegou ao Brasil com exigências. Como Dom Pedro estava em viagem a São Paulo, sua esposa (Maria Leopoldina) atuando como esposa regente, após reunir-se com o Conselho de Ministros, enviou uma correspondência a seu marido aconselhando-o a declarar a independência do Brasil.

Dom Pedro recebeu a carta de sua esposa no dia 7 de setembro de 1822, declarando a independência do Brasil neste mesmo dia.

Assim, temos a comemoração dessa data, sendo sempre muito esperada para os desfiles, tradição essa que ocorrerá também no Feriado da Independência do Brasil 2020.

Feriado da Independência do Brasil 2020 – Curiosidades

Você sabia?

– O quadro que retrata de forma pomposa a independência do Brasil na verdade retratou de forma bem floreada o que de fato ocorreu. No quadro é possível ver belos cavalos, mas na verdade eram jumentos, pois D. Pedro, juntamente com seus companheiros, faziam uma viagem bem longa e os cavalos não têm tanta resistência quanto os jumentos. Muito provável também que não estivessem vestidos como soldados, já que o calor naquela região era muito forte na época.

– Segundo alguns historiadores, D. Pedro não foi às margens do Rio Ipiranga pelo especial motivo de declarar a independência do Brasil. Segundo os relatos, D. Pedro ali parou por estar com uma forte diarreia e aproveitou o ensejo para dar o grito da independência.

– Na verdade acredita-se que o Brasil teve que pagar 2 milhões de libras à Portugal para se tornar independente.

– Acredita-se que D. Pedro estava na casa de sua amante, a Marquesa de Santos (Domitila de Castro) quando recebeu a carta de sua esposa que o avisava da intenção de Portugal de subordinar novamente o Brasil.

Feriado da Independência do Brasil 2020 – Data

O Feriado da Independência do Brasil 2020 será na segunda-feira do dia 7 de setembro.

Feriado da Independência do Brasil 2020 – Livros

Para quem quiser conhecer um pouco mais da história da independência do Brasil, existem vários livros deste tema, sendo que indicamos alguns como:

– 7 de setembro de 1822: A independência do Brasil

Autora: Cecília Helena de Salles Oliveira

Editora: Companhia Editora Nacional

– A Independência do Brasil (1808-1828)

Autora: Márcia Berbel

Editora: Saraiva

– A Extraordinária História do Brasil – Independência: Brasil Império

Autor: Daniel Rodrigues Aurélio

Editora: Universo dos Livros